Trilha Estelar

Um por todos e todos Somos um

A Escola de hoje

 

A Educação é o processo de esculpir a personalidade humana, uma vez que a palavra Educação vem do latim – Ex Ducere” – significa trazer para fora o que está embutido, portanto, a Educação é para a vida, e não se destina somente a “ganhar a vida”.

Infelizmente isso não está acontecendo, pois a Escola de hoje ensina técnicas, desenvolve o intelecto, aguça o raciocínio, que permite a ilusão do domínio sobre o meio onde vive, estando portanto, longe de ensinar e tornar a criança homem mestre de si mesmo.

O Sistema Educacional ignora o nível mais importante para a sobrevivência humana: os sentimentos, pensamentos e ações, desenvolvidos desde a infância, e isso possibilitará futuros homens com um todo integrado, ou seja: “Homens de Bem”.

Para restaurar a sua grandeza, a Educação tem um importante papel a cumprir: a Educação é o Banco onde a Nação desconta o seu cheque, cada vez que precisa de cidadãos talentosos, descentes e honestos.

O projeto “Pedagogia do Coração” se propõe a trabalhar por um mundo melhor, para estas crianças que nasceram e ainda nascerão.

Segundo Uygostsky em sua teoria do: “É no processo de ensino-aprendizagem que ocorre a apropriação da Cultura e o conseqüente desenvolvimento do indivíduo”, e durante o desenvolvimento da criança, existe o “outro” que lhe ensina a compreender e aprender o mundo”.

Segundo Sócrates: “Conhece-te à ti mesmo”.

Isso nos mostra que preocupavam-se com o auto-conhecimento, ajudando as pessoas a pensarem por si mesmo.

E isso começa na infância. A vida emocional se mergulha na infância, e acontecimentos dos primeiros anos de vida, são a estrutura de funcionamento da personalidade adulta.

Infelizmente a Educação de hoje prioriza o raciocínio e a informação, embasada segundo Gardner, nas Inteligências Lingüísticas e Lógico-matemáticas, enfatizando programas a serem cumpridos, com preocupação exagerada com o intelecto, de forma mecanizada, sem enxergar, que fatores emocionais (sentimentos), também contribuem, e muito para

transformar crianças, não apenas em bons profissionais…mas futuros Homens de Bem… futuros homens que farão toda diferença para o nosso país e para o mundo em que viverão.

“Pedagogia do Coração se propõe à isso: a trabalhar por um mundo melhor de se viver, a partir das crianças de hoje, e para as que ainda estão por vir”.