Ao longo dos anos, essas formações em campos de cultivo estão se tornando mais complexas por várias razões. Uma delas é a expansão da consciência humana. Quando a humanidade se abrir para o conhecimento que está armazenado nos agroglifos ou hologramas, quando a consciência daqueles que testemunham essa Geometria Sagrada se ampliar, a possibilidade de absorver e entender essa sabedoria aumentará. Quanto mais geometria nas formações, mais a humanidade será estimulada a se desenvolver espiritualmente.

As formas que apareceram nos últimos anos possibilitam uma abertura mais rápida da consciência humana como um todo. Além disso, elas deixam as pessoas mais dispostas a se abrir de modo que façam que seu conhecimento mais profundo propicie a autocura.

A absorção de informação será mais rápida por meio dessa geometria e proporcionará uma dimensão extra aos cinco sentidos que usamos atualmente. Desse modo, as pessoas são conscientemente preparadas para crescer física, mental, emocional e espiritualmente.

Visto que a maioria das pessoas é mais visual, absorvemos com mais rapidez os códigos no nosso subconsciente contemplando-os, em vez de ouvindo ou lendo sobre eles. Quando sintonizamos e fitamos os códigos, a geometria e as cores, a informação que eles transmitem fica armazenada no nosso subconsciente.

Esses códigos estão aqui para estimular e despertar você. Os agroglifos e hologramas são modelados nas formas complexas da Geometria Sagrada, porque essas formas podem sintetizar uma grande quantidade de informações, venham elas de onde vierem. Outro motivo para usar a geometria nesse planeta é que ela contém um simbolismo muito mais poderoso do que qualquer linguagem escrita. Essa geometria provoca uma reação mais ampla nas pessoas de todo o mudo, independente da língua que falam. Os Arcturianos enviam essas mensagens estão conscientes de que a geometria ressoa dentro das pessoas em muitos níveis diferentes.

Os Arcturianos são os Mestres da Frequência. Eles controlam as câmeras holográficas onde o projeto de todos os pictogramas está armazenado. Entre outras coisas, esses pictogramas aparecem como agroglifos. Obviamente existe uma diferença visível entre os agroglifos feitos pelos homens e os criados com raios de alta frequência, usando tecnologia arcturiana altamente desenvolvida.

Os seres responsáveis pela manifestação dos agroglifos são chamados de Construtores de Círculos. Eles criam um fenômeno multidimensional para essas manifestações. As pessoas são um componente disso. Civilizações antigas como os druidas, os celtas e os maçons prepararam a matriz energética na terra sagrada onde a maioria dos agroglifos aparecem.

Desde o primórdios da humanidade, características especiais são atribuídas à Geometria Sagrada, daí sua denominação. Isso ocorre com Pitágoras e Platão, na antiga Grécia, mas na Grã-Bretanha também foram encontradas esculturas de pedra compostas pelos cinco sólidos platônicos, que têm no mínimo mais de 12 mil anos de idade. A humanidade sempre teve um interesse especial pela geometria.

Por trás da geometria espreita o mistério da criação. Esse mistério está intimamente ligado a ciência da Geometria Sagrada. Nossos ancestrais, como os maias, os egípcios, os celtas, os druidas e os templários, conheciam muito mais sobre essa matéria. Naquele tempo, os sacerdotes eram capazes de vivenciar outros níveis de consciência.

A geometria esta profundamente enraizada no nosso corpo, na nossa memória celular e na nossa consciência. Portanto, a concentração nas formas da Geometria Sagrada traz à tona várias questões para serem curadas.

Nas antigas tradições de meditação, como na indiana, as pessoas se concentram em formas geométricas, como as mandalas, para promoverem o crescimento interior. Há milhares de anos percebeu-se que a geometria tem um determinado efeito sobre a nossa consciência.

Essas mandalas retratam ideias abstratas como o tempo, dimensões mais elevadas e estados expandidos de consciência. A estrutura da mandala e a ilusão de ótica que ela provoca, aliados à sua geometria, levam a pessoa que medita a um estado de expansão de consciência. Os físicos que pesquisaram a teoria da relatividade e física quântica reconheceram a matemática de uma dimensão superior da Geometria Sagrada.

A geometria faz parte de todas as coisas vivas deste planeta e também de tudo o que está além. Podemos dizer que tudo é geometria, até os seres humanos. Nós não nos vemos como formas geométricas. Os nossos sentidos detêm o que realmente percebemos. Os seres humanos são modelos de energia compostos de corpos energéticos.

Texto extraído do livro – Mandalas Extraterrestres – A Arte Extradimensional dos Círculos nas Plantações Janosh (Ed. Pensamento)

Conforme aprofundamos nosso estudo sobre a Geometria Sagrada, recordarmos que ela já faz parte de nossas vidas e de nosso Ser.